Formamos doutores preparados para a economia nacional

O Doutorado Profissional em Economia (DPE) da FGV EPPG tem por objetivo formar profissionais de alto nível, capazes de realizar pesquisa aplicada inovadora e de qualidade, em economia e finanças, com desenvolvimento de produção técnica e tecnológica para empresas, instituições do governo e sociedade civil, e foco na economia brasileira.

Equipe Acadêmica: Camila Meneses

Contatos:

E-mail: dpe.eppg@fgv.br 

Telefone: (61) 3799-8057/8048

WhatsApp: (61) 99802-9247

Reunião

Onde estamos

FGV Brasília:

Setor de Grandes Áreas Norte - SGAN Quadra 602 - Módulos A, B e C Asa Norte, DF/Brasília. CEP: 70830-020

-15.780370443006, -47.873466609797

Oportunidade de cursar o Doutorado Profissional em Economia da FGV EESP após conclusão do mestrado, com aproveitamento de todos os créditos.

O Curso

  • Tem previsão de 48 meses (4 anos);
  • Nos dois primeiros anos, o estudante deve cumprir 48 créditos (equivalente à 16 cursos trimestrais) e realizar Seminários de Pesquisa de Doutorado;
  • No início do terceiro ano de curso, o estudante deve defender seu projeto de tese (exame de qualificação);
  • O restante do curso é dedicado à elaboração e defesa da tese de doutorado.

 

s

 

Áreas de Concentração e Cursos

  • O curso de doutorado tem duas áreas de concentração: economia e finanças;
  • A grade de disciplina será definida pelo professor tutor do estudante, com base no programa de estudo e pedido de reconhecimento de créditos apresentado no início do doutorado;
  • O estudante de doutorado terá que cursar as disciplinas do núcleo básico do mestrado, caso não tenha créditos equivalentes ao conteúdo dos cursos;
  • Excluindo a eventual realização de disciplinas do núcleo básico do mestrado, o estudante de doutorado deverá realizar metade do restante de seus créditos em sua área de concentração;
  • Os seminários de pesquisa de doutorado são obrigatórios nos dois primeiros anos de curso.

 

d

Inscrições Abertas!

Maiores informações: dpe.eppg@fgv.br ou (61) 9802-9247/whatsapp.

a

Aluno Avulso

O aluno avulso é uma modalidade de estudo em que a pessoa poder cursar até 12 créditos (4 cursos trimestrais) do programa de Mestrado ou Doutorado Profissional em Economia da FGV EPPG, com limite de uma disciplina por trimestre, sem o vínculo com o curso.

Caso ingresse no programa de Mestrado ou Doutorado Profissional da FGV EPPG, o ex-aluno avulso poderá solicitar aproveitamento dos créditos em que foi aprovado, desde que não tenha sido atingido o prazo de 5 anos da aprovação na disciplina em que solicitar o aproveitamento.

A pessoa que desejar cursar disciplina como aluno avulso só pagará pelas disciplinas cursadas e, se realizar e for aprovada no processo seletivo do mestrado ou doutorado a fim de se tornar aluno regular, poderá solicitar o aproveitamento integral das disciplinas (créditos) em que foi aprovada, desde que não tenha sido atingido o prazo de 5 (cinco anos) da aprovação na disciplina em que solicitar o aproveitamento.

A modalidade de aluno avulso é recomendada para quem deseja cursar o mestrado ou doutorado profissional, mas está em fase da vida pessoal ou profissional que não permite a dedicação necessária ao curso.

 

 

 

“Proteção de dados pessoais”

Os dados pessoais solicitados serão utilizados para viabilizar a finalidade de sua inscrição no curso escolhido, sendo ressalvado na forma da Lei a utilização dos mesmos pela FGV para fins de cumprimento de obrigação legal ou regulatória, especialmente as orientações normativas do Ministério da Educação, ou para fins de interesses legítimos à promoção das suas atividades, garantidos os direitos previstos na LGPD.

O Contato do Encarregado de Proteção de Dados Pessoais da FGV e os documentos de adequação estão disponíveis em: https://portal.fgv.br/protecao-dados-pessoais, sendo que se você desejar o exercício de quaisquer direitos relacionados aos seus dados pessoais será necessário clicar e se cadastrar na opção "Conheça o Portal dos Direitos dos Titulares de Dados Pessoais FGV" no link acima.

As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19 / 2018.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.